Claro

Questões mais detalhadas sobre como as marcas vencedoras conduziram suas ações e como elas percebem as expectativas para um novo tempo, pós-pandemia.

Perguntas

 

ABMN: Com tantas restrições impostas aos vários públicos e, ao mesmo tempo, a oferta de vários produtos e serviços diferenciados que a Claro trouxe para eles, é possível esperar que inovações em formatos ou soluções virão para ficar?

Claro:  “Com certeza a transformação digital foi acelerada e muitas das evoluções, como a adoção de home office e a adesão dos clientes aos canais digitais de atendimento, devem se consolidar. Acreditamos que boa parte dos novos padrões de consumo tendem a se perpetuar, e conforme as pessoas voltem as ruas, levarão os novos hábitos para fora das casas, gerando também um novo comportamento com maior consumo de dados nas redes móveis, por exemplo.

Colocamos sempre o consumidor no centro de nossas decisões, para isso sem dúvida é entender constantemente o comportamento do consumidor e trazer sempre novos formatos e inovações” .

 

ABMN: A esperada entrada do 5G no mercado começa a acontecer e, com isso, novos serviços e produtos virão.  Qual o diferencial da rede 5G DSS da Claro e como ela vem se expandindo no país? Qual a principal característica da tecnologia DSS?

Claro: “A chegada da rede 5G DSS é um passo importante na evolução da tecnologia, que permite alcançar maior velocidade e cobertura de forma eficiente. É a estratégia mais ágil de expansão, adotada por operadoras do mundo todo, como nos Estados Unidos, Alemanha e Reino Unido. A rede 5G DSS da Claro, que começou com cobertura em São Paulo e no Rio de Janeiro, já é uma realidade e a cada dia beneficia mais clientes, à medida que os dispositivos chegam ao mercado, a exemplo do smartphone Motorola Edge e outros lançados no decorrer dos últimos meses. E agora estamos expandindo esta evolução para todas as regiões do país, totalizando 15 cidades”

A implantação da rede 5G é possível a partir da a tecnologia DSS (Dynamic Spectrum Sharing, ou Compartilhamento Dinâmico de Espectro), que permite o compartilhamento das frequências disponíveis hoje, já alocadas ao Serviço Móvel Pessoal (SMP). Assim a rede da Claro distribui recursos dinamicamente entre os smartphones que operam até a quarta geração e os novos, compatíveis com a nova rede 5G DSS, que começam a chegar ao mercado”.

 

ABMN:A solução do plano de saúde 100% digital com o Hospital Albert Einstein é, sem dúvida, um passo dentro do futuro.  Este é um serviço exclusivo aos clientes Claro?  Qual a expectativa de adesão até o fim de 2021?

Claro:  “Sim. A Claro oferece aos nossos clientes o acesso à plataforma do aplicativo Einstein Conecta, serviço de orientação médica online. Clientes Claro podem contratar o serviço prestado pelo Hospital Israelita Albert Einstein para acessar o app Einstein Conecta 24 horas por dia, 7 dias por semana, de qualquer lugar, sem precisar sair de casa. A partir da assinatura, o acesso aos serviços do aplicativo é imediato. Os clientes que possuem um plano de mobilidade pós-pago ou controle da Claro poderão contratar o serviço digital do Einstein por uma assinatura mensal de uso do aplicativo no valor de R$ 49,90 por linha, cobrado pela Claro na mesma fatura do plano móvel.

Com essa parceria, a Claro colocou em prática soluções em teleconsulta que já estavam no radar da operadora, mas que foram intensificadas com a chegada da pandemia e, sem dúvida, nós prevemos um aumento crescente na utilização do serviço”.

 

ABMN: Ações sociais desenvolvidas foram reconhecidamente importantes para os vários grupos beneficiados – no Push do Bem, no Mães da Favela, aos estudantes universitários e àqueles do ensino médio que se preparam para o Enem.  Como este grupo de ações se alinha com o propósito da empresa?

Claro:  “Com o contexto desafiador provocado pela pandemia, a Claro seguiu inovando para continuar conectando todos os brasileiros com a melhor e mais completa oferta de conteúdo do mercado.

No ano passado a Claro deixou mais uma marca do seu pioneirismo ao lançar a primeira rede 5G DSS do país, hoje presente em quinze cidades brasileiras.

O ano de 2020 também foi pautado por importantes parcerias e que a partir de uma delas, a Claro levou educação para os jovens que precisavam se preparar para o Enem graças à parceria entre a Claro e a plataforma Descomplica.

Ainda em linha de grandes parcerias em prol do auxílio à população, a Claro colocou em prática soluções em teleconsulta que já estavam no radar da operadora, mas que foram intensificadas com a chegada da pandemia. Momento em que a Claro investiu na parceria ao lado do Hospital Albert Einstein com o aplicativo Einstein Conecta.

E, para estimular a economia e fortalecer os pequenos comércios durante a pandemia, a Claro criou o Push do Bem, iniciativa que envia notificações por push baseadas em geolocalização com sugestões de comércios e serviços disponíveis nos bairros.

Também pensando em reduzir os impactos da pandemia do novo Coronavírus na população mais vulnerável, a Claro e o Instituto Claro firmaram uma parceria com a CUFA (Central Única das Favelas) para auxiliar famílias de todo o Brasil na luta contra a disseminação do vírus no país. A iniciativa arrecadou recursos financeiros para o “Mães da Favela”, projeto de cunho social que visa amenizar os impactos da Covid-19 na vida de mães que sustentam seus lares.

O momento que estamos vivendo desde o início da pandemia torna os serviços de conectividade, informação e comunicação providos pela Claro ainda mais essenciais. E, ao mesmo tempo, fez aumentar a demanda por soluções digitais, que ajudem as pessoas a resolverem o que precisam sem sair de casa. Por isso a razão de todas as ações que fizemos até agora e que traduzem o nosso propósito: manter as pessoas conectadas”.